Skip to content

A eficiência do Arco Inglês

Teste de arco longo Inglês contra vários tipos de armaduras do séc. XIII

Por  Matheus Bane – Tradução: Bruno Cerkvenik

Ao longo de todas as minhas pesquisas sobre arquearia e armadura, um detalhe parece variar de especialista para especialista. Este detalhe é a eficácia da armadura contra tiro com arco. De uma fonte para outra, a conclusões (quase sempre indicado como fato) são totalmente diferentes.

Por exemplo, um canal (Channel 4) da BBC afirma que:
“Em testes contra uma couraça de aço, uma seta de ponta bodkin teria amassado a armadura em 260 pés, 98 pés punção-lo em, e penetrar a direita através da placa e casaco doubletsubjacente a carne em 65 pés”
Apesar de uma fonte aparentemente confiável, não há nenhum detalhe dado sobre os elementos utilizados.
Outra fonte afirma:
“Uma ponta de flecha, por outro lado, só precisa de 120 Joules para perfurar a malha e a proteção acolchoada. Um arqueiro acharia isto difícil ” (Williams)

Dr. Williams claramente detalha todos os seus métodos e elementos, mas não considera que a malha é flexível e que (uma flecha) ainda pode matar uma pessoa sem perfuração. O efeito desta arma nunca foi considerado em qualquer teste que vi.
Este tipo de inconsistências foram o combustível para o debate durante o tempo que eu tenho estado nas comunidades de pesquisa de arquearia e armadura. Durante estes debates, sempre tive minha própria opinião, mas nunca me senti qualificado a intervir pois não tinha dados para apoiá-la. Infelizmente, a maioria das pessoas nesses debates estão opinando ou citando alguma declaração de algum perito que também cita algum autor anterior. O resultado é que a conversa se repete mais e mais com nenhum resultado. O desejo de entrar neste debate e ter fatos que poderia contar foi a inspiração para realizar meus próprios testes. O objetivo desta pesquisa é determinar o efeito de vários tipos de flechas medievais em vários tipos de armaduras do mesmo período. O período que eu testei é de cerca de 1400 d.C., a era do arco Inglês.

wikipedia

Procedimento

O Instituto Nacional de Justiça (Norte Americano – http://nij.gov/) desenvolveu um procedimento para teste de armaduras modernas. Este teste é único no fato de que ele não apenas testa a perfuração de projéteis, mas também a deformação do corpo. O entendimento é de que apenas parar a bala não garantirá a sobrevivência do portador da armadura. A energia transferida para o corpo e a área de choque é essencial para o efeito que o projétil tem sobre o corpo.

O procedimento para o teste de deformação é usar um material de suporte com uma memória. O teste de balística do Instituto especifica o uso de uma caixa de argila “Roma Plastilian # 1”. (Figura abaixo) A argila é calibrada para uma resistência específica à um de teste de queda. O limite padrão do teste a deformação de 1,7 pol de argila para a armadura ser aprovada pelo INJ.  Entretanto, o limiar de penetração é muito menor. O teste de estocada no INJ indica uma deformação de no máximo 0,28pol para passar. O padrão assumido neste teste é de que, se o usuário tiver um ferimento inferior a 1,7 pol de deformação,  irá sobreviver se levado ao hospita, como eles mesmo afirmam “O limite de penetração foi determinada por meio de pesquisas indicando que as lesões internas dos órgãos seriam extremamente improváveis a 0,28pol (7 mm)”. Em 1400 esta norma teria sido muito menor. Sem tratamentos modernos, muitos ferimentos que consideramos curáveis se tornariam fatais. Sem evidências do período em questão, eu tive que usar o único documento que consegui sobre limites de perfuração e deformação.

Teste do INJ

Embora o teste moderno utiliza apenas a armadura em si, eu usei todo o conjunto de armaduras e acolchoamentos para fazer o teste. Minha suposição é que o argila em cada um dos meus teste é o corpo do usuário. Minha esperança é que, usando essa metodologia, eu aprenderei mais como a armadura protege o corpo.

O Arco Longo

O uso militar do arco longo começa no tempo do rei Edward II e é usado em grande grande escala contra os franceses entre 1340 e 1420. (Hardy, p. 41) Há apenas 5 arcos longos::O Arco “Spencer”, que data do século XIV ou XV, este foi o modelo que baseei minhas experiências sobre o arco. Tem 79 pol (2 m) de comprimento e potência de 100 lbs. É feito de teixo e tem chifres nas extremidas para para segurar a corda. (Hardy, p. 54)

Tipos de flechas:

1- As pontas “Bodkin” são pequenas, rígidas e com uma pequena secção transversal. Elas eram feitas de ferro não endurecido e ganharam notoriedade no período medieval por darem um vôo melhor, mais longo à flecha além de sua simplicidade e capacidade de perfuração.

wikipedia

Original em http://www.currentmiddleages.org/artsci/docs/Champ_Bane_Archery-Testing.pdf

Advertisements
No comments yet

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: