Skip to content

SITE NOVO!

14 de August de 2015

Estamos inaugurando nosso novo site!
Visitem lá pessoal!

http://www.arsgladiatoria.com.br

banner_new

Noites Bárbaras VI

11 de August de 2015

No dia 22 de Agosto haverá a 6ª edição das Noites Bárbaras, que acontecerá em Itapecerica da Serra/SP com muitas atrações, entre elas:

* Bandas TABERNA FOLK e TAILTEN
* Mercado Medieval
* Apresentações de Luta e dança
* Bebidas
* Hidromel e muito mais em uma festa temática totalmente Medieval
* Filhos de Rígr (recriacionismo viking)
* Nomadic Tribal (grupo de dança feminino)
* arquearia
* cabo de guerra
* arremesso de peso
* corrida de três pernas
* desafio bávaro (quem bebe cerveja mais rápido)

Para participar é obrigatória a caracterização. Seja fantástica ou do período medieval.

As vendas de ingresso já estão no segundo lote, no valor de R$ 95,00 por pessoa. O valor do ingresso inclui alimentação (queijos, pães, carnes, frutas e água). Bebidas alcoólicas estarão à venda. Não serão vendidos ingressos na porta do evento.

Data:
22 de Agosto, começando às 20h00 e indo até as 04h00 de domingo

Local:
Sitio Vale dos Manacás,  Rodovia Régis Bittencourt, Km 293, Itapecerica da Serra/SP

Para mais informações, acesse a página do evento no facebook:
https://www.facebook.com/events/481886618630368/

Biblioteca do Vaticano disponibiliza seus manuscritos

29 de July de 2015

Ilustração de A Divina Comédia, de Sandro Botticelli por Lorenzo, o Magnífico, no século XV (Biblioteca Apostólica Vaticana)

A Biblioteca do Vaticano está digitalizando seus manuscritos e irá disponibilizá-los on-line através do seu website, gratuitamente, bem como convidando pessoas a ajudá-los a completar o seu trabalho através de serviços de crowdfunding.

A Biblioteca do Vaticano foi fundada em 1451 e possui mais de 80.000 manuscritos, gravuras, desenhos, placas e incunábulos (livros impressos antes de 1500 dC), escrito ao longo da história por pessoas de diferentes religiões de todo o mundo.

A biblioteca também inclui cartas de importantes figuras históricas, desenhos e notas de artistas e cientistas, como Michelangelo e Galileu, bem como tratados de todas as épocas da história.
A preservação dos documentos antigos fazem parte do programa DigitaVaticana usando FITS, o formato desenvolvido pela Nasa para armazenar imagens astronômicas e dados astrofísicos, e até agora, apenas 500 manuscritos e 600 incunábulos estavam disponíveis para visualização em seu site.

Agora, o Vaticano fez uma parceria com a empresa japonesa NTT Data para digitalizar mais de 3.000 manuscritos até 2018.

Os manuscritos estarão disponíveis como imagens de alta definição que podem ser acessados usando a tecnologia (AMLAD) de visualização do arquivo digital da NTT Data, que pode ser usado em uma infinidade de dispositivos, incluindo tablets.

No momento, os usuários têm que procurar o banco de dados manualmente clicando em cada título e digitalização através de todas as páginas de cada livro, mas o navegador AMLAD terá uma função de pesquisa abrangente e estará pronto para o uso até o final de 2014.

O Vaticano também está buscando recursos para digitalizar os restantes 76 mil manuscritos, que estima-se que levará mais de 15 anos, custará mais de €50 milhões e os esforços de mais de 150 especialistas especializados.

Em junho de 2014, o Vaticano realizou um evento de angariação de fundos e deu aos seus convidados uma visita guiada exclusiva de áreas geralmente fechadas ao público, incluindo as salas de biblioteca, laboratórios e a câmara onde os manuscritos estão guardados, e uma jantar na Sala Sistina.

O Vaticano também está usando sistemas de crowdfunding e busca doações de €5 por página de um manuscrito, enquanto que com doações de pelo menos €1000 o apoiador irá ver seu nome incluído na lista de apoiadores oficiais.
Empresas também podem optar por se tornar um parceiro como a NTT Data e trabalhar com o Vaticano em preservar estes raros manuscritos.

O Vaticano detalha, no site da DigitaVaticana, que os originais serão mantidos seguros em bunkes anti-atômicos de temperatura e umidade controlada.

Graças à tecnologia, podemos preservar o passado e encaminhá-lo ao futuro. Os manuscritos serão disponibilizados gratuitamente a todos no site da Biblioteca do Vaticano e o conhecimento do mundo realmente irá se tornar patrimônio da humanidade.

Fonte: Message to Eagle

Draumur – Workshop de Dança Medieval

15 de July de 2015

Tem vontade de aprender algumas coreografias medievais e renascentistas?

O grupo Draumur irá realizar um workshop no dia 02 de Agosto, das 10h às 13h, no Parque da Juventude,

Screen Shot 2015-07-15 at 17.22.22

Mais informações em:
https://www.facebook.com/grupodraumur

Agora no Twitter!

23 de June de 2015

Agora temos um twitter!
Sigam a gente lá! 🙂

http://twitter.com/arsgladiatoria

twitter_ars

Guerreiros de fim de semana

31 de March de 2015

Uk_tv

Uma vida normal durante a semana, com um emprego do século XXI. Mas aos fins de semana, milhões de pessoas gostam de voltar no tempo e recriar batalhas famosas desde o período romano até o século XX.

Esta séria inglesa acompanha alguns grupos em sua jornada recriacionista.

http://uktvplay.uktv.co.uk/shows/weekend-warriors/watch-online/

Funeral de um Rei no século XXI

25 de March de 2015

Após mais de 500 anos, Inglaterra realiza funeral digno de um Rei à Ricardo III

.

ricardo_iii

A batalha

22 de agosto de 1485, em um campo pantanoso perto da vila de Sutton Cheney em Leicestershire, Ricardo III liderou a última carga de cavalaria da história Inglesa. Era a última batalha da Guerra das Duas Rosas. Que nasceu de uma longa disputa entre duas dinastias – os Lancaster, que detinham a coroa real e um brasão com uma rosa vermelha; e os York, aspirantes ao poder, que traziam consigo uma rosa branca – pelo trono inglês.

As duas famílias adversárias eram descendentes da dinastia Plantageneta. Nesta altura a Casa de Lancaster apoiava as pretensões de Henrique Tudor, mais tarde Henrique VII, que tinha fugido ainda adolescente para a Bretanha. Quando Henrique desembarcou na Inglaterra em marcha em direção à Londres, ele consegue formar um exército com cerca de 5 mil homens. Ao saber da notícia, Ricardo, juntou suas tropas (com cerca de 10 mil homens), e intercepta as forças de Henrique aa sul da cidade de Market Bosworth, em Leicestershire. Um detalhe importante, Thomas, Lord Stanley e William Stanley também levaram as suas forças para o campo de batalha, mas aguardaram enquanto decidiam qual o lado que seria mais vantajoso apoiar.

Ricardo separou o seu exército em três grupos. Um ficou sob o comando do Duque de Norfolk e outro no de Conde de Northumberland. Henrique ficou com a maioria da sua força pessoal sob o comando do Conde de Oxford. A força de vanguarda de Ricardo, comandada por Norfolk, atacou mas se atrapalhou com os homens de Oxford a sua frente e parte de sua tropa fugiu. Quando o Conde de Northumberland foi ordenado a atacar, ele ficou parado, assim Ricardo decidiu fazer uma carga através do campo para matar Henrique e pôr um fim à batalha. Ao ver os cavaleiros do rei separados do seu exército, os Stanley intervieram; Sir William levou os seus homens próximo às forças de Henrique, assim cercaram e matando Ricardo. Depois da batalha, Henrique foi coroado rei em Crown Hill.

Um Rei renasce

Por causa das circunstâncias de sua ascensão e as consequências da vitória de Henrique Tudor, o corpo de Ricardo III foi enterrado sem nenhuma pompa e ficou perdido por mais de cinco séculos. Durante anos, a Plantagenet Alliance (criada por descendentes da família de Ricardo) fez campanha para que fossem feitas escavações em um estacionamento que já tinha sido parte do antigo mosteiro onde o soberano foi enterrado pela primeira vez. Após a descoberta dos restos mortais, os testes que os compararam com o DNA dos descendentes da irmã mais velha do monarca confirmaram a identidade de Ricardo III.

Após grandes discussões entre a Plantagenet Alliance e a Catedral e a Universidade de Leicester sobre o qual deveria ser o novo destino do rei, finalmente chegaram num acordo. Neste último domingo, dia 22 de Março de 2015, um carro fúnebre levou o caixão por marcos históricos do País, como Leicestershire e o campo de batalha em Bosworth, onde o monarca foi morto em 1485.
Apesar do contra-gosto da Coroa, a Inglaterra quis voltar atrás no tempo e dar a Ricardo III um enterro mais apropriado do que o que teve após sua morte e um lugar de repouso mais digno que o subsolo do estacionamento municipal onde foi encontrado há três anos.

O presidente da Sociedade Ricardo III, Phil Stone, acredita que este evento serviu para demonstrar que ele não era “tão obscuro” como sugeriu a literatura desde Shakespeare, que o pintou como um homem corcunda, ambicioso e cruel. O bispo anglicano de Leicester, Tim Stevens, lembrou que, “há mais de 500 anos, Ricardo foi tirado deste campo de batalha ensanguentado e nu”. “Temos a oportunidade de deixar que Ricardo faça novamente essa viagem, mas desta vez com a dignidade própria de um rei”, disse o sacerdote, que o batizou como “o rei bom, o rei guerreiro”.

Após esse percurso, o cortejo cruzou a ponte Bow Bridge, que marcava os limites da Leicester medieval, para desfilar por sua parte antiga, até que o caixão, transportado em uma carruagem, chegou a seu destino final na catedral. O serviço religioso no templo foi oficiado pelo cardeal Vincent Nichols, arcebispo católico de Westminster, em atenção à fé católica do antigo monarca, que viveu décadas antes da reforma da igreja da Inglaterra, durante o reinado de Henrique VIII.

Um novo destino

O caixão permanecerá exposto até quinta-feira, quando será realizado o funeral, no qual participarão o arcebispo de Canterbury, o anglicano Justin Welby, e representantes da Igreja Católica e de outras religiões. Durante esse ato na quinta-feira, está prevista a leitura de uma mensagem de saudação enviada pela rainha Elizabeth II.

530 anos depois daquele 22 de agosto de 1485, o mundo tem a oportunidade de assistir a um funeral de um monarca medieval e Ricardo III passará a descansar em um local digno de um rei.

.