Skip to content

espada longa

A espada longa é a arma mais explorada nos manuais de combates medievais, esta arma estava no auge de sua popularidade entre os nobres quando os manuais foram produzidos (1300 – 1500); isso ocorreu devido à sua versatilidade no campo de batalha, em duelos ou defesa pessoal no dia-a-dia contra muitas armas e armaduras. E essa versatilidade se deve ao fato de agregar ataque (corte e estocada) e defesa em uma única arma, e ela ainda pode, por assim dizer, transformar-se em uma outra arma (uma forma de lança e martelo) quando usada com ou contra armadura.

Os manuais escolhem principalmente esta arma também pois eles eram feitos para os nobres que disputavam duelos, as técnicas de combate ensinadas nos manuais são principalmente de combate de apenas uma pessoa contra outra. Ou seja, pare se usar em duelos ou defesa pessoal. Quase não há registros de técnicas e táticas para campo de batalha, podemos notar isto pela grande ausência de manuais que ensinam combate com espada e escudo, armas que já estavam sendo usadas apenas por pessoas que não podiam pagar por um manual de combate.

Pode-se notar também, que ela é a arma preferida para ensinar os conceitos de combate, Johannes Liechtenauer, pai da esgrima alemã, em 1389, escreve que “há apenas uma Arte da Espada” e ela é a “base e núcleo de todas as artes de combate“. Aluno de sua tradição, Joachim Meyer em 1570 escreve que ela “é celebrada entre as armas por ser completa e honrada, e porque tem o que é necessário para o entendimento para se ter progresso, e assim ver claramente como pode-se aplicar nas outras artes e disciplinas.”

Ainda sobre Liechtenauer, não se sabe se é de autoria dele, mas no 1° manuscrito que menciona seu nome, há um poema que descreve as artes cavaleirescas de sua época:

“Junck ritter lere
Got lieb haben frawen io eren
So wechst dein ere
Ube ritterschaft und lere
Kunst die dich zyret
Und in kriegen zu eren hofuret
Ringess guet fesser
Glefen sper schwert und messer
Manlich bederben
Und in andern henden verderben
Haw drein und hurtt dar
Raush him trif oder la faren
Das yn die weyssen hassen
Dye mann sicht preysen
Dar auff dich fasse
Alle kunst haben leng und masse”

Jovem cavaleiro, aprenda
a amar a Deus e reverenciar as mulheres;
assim, sua honra crescerá.
Pratique cavalaria e aprenda
as artes que o dignifique,
e que lhe traga honra em guerras.
Seja um ótimo lutador;
maneje a lança, a espada e a faca corajosamente,
os quais você tiraria das mãos do seu oponente.
Golpeie e vá para cima;
corra, deixe-o bater, ou passar.
Aqueles que são sábios
se relutam a defender suas próprias vidas
E isto você deve compreender totalmente
Todas as artes têm comprimento e medida.”

Nosso treino:

Por este motivo escolhemos a espada longa como o primeiro estágio a aprender as artes marciais medievais. Nosso treino é baseado nas tradições da escola alemã do mestre Johannes Liechtenauer que nasceu provavelmente em Lichtenau, Mittelfranken (Franconia), no começo do séc. XIV.

De acordo com esse manuscrito “3227a” e nos vários manuais dos seus alunos e sucessores, Liechtenauer era um grande mestre que viajou por muitas terras para aprender sua arte. Nos manuscritos do século posterior, a sociedade do Liechtenauer (Gesellschaft Liechtenauers) é conhecida como um grupo de mestres de esgrima que se consideravam discípulos de Liechtenauer, que detinham seus ensinamentos. Este termo é confirmado por Paulus Kal em 1460, e provavelmente caiu em desuso no final do séc. XV com o surgimento da Irmandade de São Marcos (Marxbrüder).

Princípios Básicos de Combate.
Antes de conhecer os princípios da escola alemã, o praticante aprenderá os princípios básicos que toda arte marcial exige, como:

  • Equilíbrio Mental
  • Equilíbrio Físico
  • Posição
  • Tempo
  • Distância
  • Energia Cinética
  • Uso da Alavanca
  • Postura básica de combate.

Movimentação.

  • Passo Simples
  • Passo Cruzado
  • Passo em Diagonal
  • Passo Circular
  • Passo Não Comprometido

Lições Básicas

Anatomia da Espada Longa.

Princípios Básicos da Esgrima.

  • Distância
  • Tempo
  • Configuração
  • Direção

As 4 posturas básicas e as 4 secundárias.

  • Vom Tag
  • Ochs
  • Alber
  • Plough
  • Nebenhut
  • Schranckhut
  • Langernort
  • Kron

Os 3 tipos de ataque.

  • Oberhau
  • Unterhau
  • Mittelhau

Princípios da Esgrima Medieval Alemã.

  • Vor (Antes)
  • Nach (Depois)
  • Schwech/Weich (Fraco)
  • Starck/Hart (Forte)
  • Indes (Instante)
  • Fühlen (Sensação)
  • Binden (Travamento)

Lições Avançadas

  • Meisterhaus:
    • Zornhau
    • Krumphau
    • Zwerchhau
    • Schielhau
    • Scheitelhau
  • Vier Versetzen
  • Nachreisen
  • Überlauffen
  • Absetzen
  • Durchwelsen
  • Zucken
  • Durchläuffen
  • Abschnyden
  • Hend trucken
  • Vier hengen
  • Das Winden
  • Ringen am Schwert
  • Die Sprechfenster
%d bloggers like this: